Nel Monteiro, um homem cheio de tomates.

Tomateiros, Tomateiras!

Aviso: este texto requer muitas idas ao youtube.

Hoje venho prestar uma homenagem a um grande Senhor (sim, com letra maiúscula) que contribuiu e contribui imensamente para o nosso repertório nacional. Falo-vos de Manuel Teixeira Monteiro, nascido a 19 de junho de 1947 em Barrô, Resende. Mais conhecido e eternizado como Nel Monteiro.

“Ó Tomate de Niterói mas isso é pimba, nós não curtimos isso.” Deixem de mentir. Todo o português gosta de um bailarico. E para complementar esta minha afirmação vejam este vídeo do Salvador Martinha que tem toda a razão. (A minha parte favorita: é esta). O problema é dos conceitos e das modas.

Voltando ao que interesse, ontem tive o prazer de ouvir Nel Monteiro durante a tarde toda. E foi muito bom. Nel Monteiro tem uns sintetizadores psicadélicos nas músicas que me fazem delirar. Para mim ele criou um novo estilo de música:

o pimba psicadélico.

Começo por analisar o que é talvez o seu maior êxito: Azar na Praia, conhecem? E “Como é que eu hei-de”? Já conhecem? Pois, pois… E  permitam-me já dizer que esta música é melhor do que a “Flagrante” do António Zambujo (que conta uma história semelhante), só por causa desta parte: “E ela coitadinha muito aflita gritava“.

Mas este homem é um grande crítico! Não estou a ser irónico, ele realmente faz umas críticas políticas e a sociedade que sim senhora (iremos analisar mais à frente). Mas ele às vezes exagera e até acaba por criticar provérbios, sendo um verdadeiro expert da etimologia latina. Falo-vos disto. Ah pois é! Escorregar não é caíre! Mas Nel Monteiro não fica apenas pela etimologia latina, é expert também em capicuas, ora vejam aqui. Mensagens encriptadas nas letras! Ah grande Nel!

Voltemos agora para o apetite sexual deste Senhor que é muita, como podem deduzir da foto deste post e disto:

“Essas bolinhas que tens por debaixo do rosto, ai moreninha devem ter um belo gosto. Quando te vejo na praia descascadinha, dá-me vontade de te comer moreninha”.

Fiquei indeciso se o apetite é sexual ou só apetite mesmo. Mas este apetite até dá para freiras no convento, reparem aqui que até uma pombinha branca é envolvida. Só para rematar este apetite todo, vejam este exemplo. É assim, o amor não tem idades e sou grande defensor disso, mas um homem que vê a Sónia a nascer e andou a trocar-lhe as fraldas não é muito normal apaixonar-se por ela quando ela já é mulher. Digo eu.

E agora reparem na arte existente na dicção das suas músicas através deste pequeno exemplo: “portu (pausa) galcrido. Acabei também por descobrir que Nel Monteiro é sobrenatural. Ah pois é! Fiquem a saber que a água faz-lhe mal.

Para acabar, a grande crítica deste Senhor à sociedade portuguesa. O homem empolgou-se, é sincero e não conseguiu medir as palavras (e pede desculpas por isso) na próxima música que vos apresento. A música entitula-se nada mais, nada menos que “Puta Vida, Merda Cagalhões”. Um verdadeiro hino à desigualdade entre as classes sociais, onde o fosso entre o rico e o pobre é tão grande que o último nem tem um penico para defecar. E atenção que isto não é só criticar os males à economia portuguesa, o Nel faz questão de os explicar detalhadamente: a Expo 98, os estádios, a Casa da Música, a OTA e o TGV. E ainda se queixa que nem sorte há no Euromilhões: “pois até o Euromilões só merda me está a dar”. Eu prometo que isto é real e existe. E aqui está a prova. Ora ouçam aqui e vejam a letra aqui.

Vejo aqui uma reencarnação de Karl Marx num cantor pimba.

Agora sem ironias, este Senhor fala muito das classes desfavorecidas e à sua maneira consegue expressar as dificuldades de muita gente e ao mesmo tempo consegue alegrar a vida de muitos.

Viva o Nel!

/**********************/

O cover desta semana envolve um cantor pimba porque assim tinha de ser.

/**********************/

Não coma só tomates, coma também banana e até para a semana!

Tomate de Niterói

Anúncios

One thought on “Nel Monteiro, um homem cheio de tomates.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s