Paradoxo de Fermi!

Caros concidadãos tomateiros, conhecem o Paradoxo de Fermi?

Não, muito bem. Enrico Fermi em 1950 formulou-o da seguinte forma:

“O tamanho e idade aparente do universo sugerem que várias civilizações extraterrestres tecnologicamente avançadas deveriam existir. No entanto, esta hipótese parece inconsistente com o facto de faltarem evidências que a suportem”

Se considerarmos que existem aproximadamente 200 a 400 biliões de estrelas na Via Láctea e 70 sextiliões (7×1022) no universo visível, mesmo que um ínfima percentagem de planetas á volta destas estrelas tenha vida inteligente, deveriam existir um grande numero de civilizações apenas na Via Láctea. Também não podemos esperar que o Planeta Terra seja especial, mas um simples planeta sujeito as mesmas leis e efeitos como outro qualquer. Tendo em conta a habilidade da vida inteligente de superar a falta de recursos e a tendência do colonizar novos habitats, não parece estranho que, alguma dessas civilizações tenha tentado procurar recursos no espaço, e colonizar primeiro dentro do próprio sistema solar e posteriormente os circundantes. Uma coisa é certa ainda não conseguimos ter qualquer evidencia da existência de vida inteligente depois de 13.8 biliões de anos do universo.

Existem muitas outras questões como:

– Mesmo que existam outras civilizações, podemos “simplesmente” ainda não termos encontrado forma de comunicarmos;

– Mesmo que existam o tempo que demoraria a viajar entre constelações poderia ser suficiente para a própria raça humana ser extinta;

– Poderão já ter existido outras civilizações nesses 13.8 biliões de anos, apenas ainda ainda não estávamos cá para as ver;

– A ideia de que outras civilizações teriam interesse em nos destruir, também é um pouco ingénua, uma vez que, com esse nível de evolução tecnológica poderá fazer com que se preocupem mais com o seu bem estar do que com o mal das outras civilizações;

– Se existir uma civilização suficientemente sofisticada para nos destruir e obter os nossos recursos, poderá acontecer a qualquer momento sem nós nos apercebermos.

Poderemos ainda começar a ter pensamentos mais profundos como se não seremos cobaias de outra civilização que nos está a estudar e ver o nosso comportamento. Mas por ai já nem vale a pena pensar. De qualquer das formas, poderá ser que um dia a raça humana consiga evoluir o suficiente para avistar essas formas de vida. Quem sabe.

Dá que pensar….

P.S: Alguns videos com mais detalhes com este paradoxo

Até uma próxima,

Tomate da Lixa

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s