Prefácio de um tomate que deixa à espera

Ora uma boa tarde a todos os leitores,

 

Chega assim a vez do tipo da sexta-feira, o tomate de Barcelos, fazer a sua introdução. Pois bem, sou barcelense desde sempre, apesar de ter nascido e passado os três primeiros dias de vida no Porto. Sim, que apesar de a malta de Barcelos ter levado mais de 120 autocarros de gente para se manifestar em Lisboa contra o fecho da maternidade, há 25 anos já não havia anestesista ao domingo no nosso belo hospital. Foi bonito ver uma massa tão grande de gente, pena foi a média de idade parecer superior à da menopausa. Mas foi uma boa causa, que isto de ter netos é porreiro mas é ao pé de casa.

Relativamente à minha participação neste blog, acho que os temas vão andar ao sabor da vontade e dos gostos. Cedo comecei a apreciar a leitura. Recordo aqueles belos volumes Mega Disney, Os Cinco e Uma Aventura (menos a do Palácio da Pena, que metia medo). Depois descobri o gosto pela música (bendito álbum dos Iron Maiden no Rock in Rio, boa companhia de todo um ano), e só depois me cruzei com o cinema e séries (Lost, apesar de agora achar que não era assim tão bom). De vez em quando também lá gosto de mandar uma posta sobre desporto, atualidade e tecnologia.

Diz-se por aí que sou vagaroso, lento até. Calúnias! Já não pode um homem levar o seu tempo a comer, vestir o casaco, lavar os dentes, tomar banho… Tudo coisas que vale a pena aproveitar. Aliás, hoje em dia até é jeitoso ser-se assim, ou ainda se leva uma data de malcheiroso em direto para a TV. Tentarei, no entanto, que os meus textos não sejam lentos, aquela verborreia empalhada de quem não tem um ponto onde chegar. Contudo, não garanto que não repita temas. Não raras vezes ouço a mesma história repetida, sendo sempre recebida como se de uma novidade se tratasse. Isto causa alguma indignação em alguns, apesar de me parecer uma vantagem para ocupar os tempos mortos quando o tema de conversa escasseia.

E pronto, assim fica apresentado o Tomate de Barcelos.

Boa semana, até 6ª, e mantenham-se atentos ao nosso blog. Afinal, dizem “estudos” vários que o tomate retarda o envelhecimento e protege contra alguns tipos de cancro.

 

Tomate de Barcelos

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s